ULTIMAS NOTICIAS

Chegou o Fedora 28 Workstation




O Fedora 28 chegou na versão final no último dia 01 de maio, e já estava testando desde a versão beta
para acompanhar as novidades dessa versão.

Na versão principal, a Workstation temos a interface Gnome 3.28 trazendo uma experiência excelente
para o usuário, se tratando de uma interface bem produtiva e intuitiva. Os erros quanto aos Leaks de
RAM não foram totalmente corrigidos, mas isso fica a cargo do Projeto Gnome, apesar disso o projeto
Fedora conseguiu tirar o melhor proveito possível da interface com o sistema, ficando bem fluido.

De tudo que foi falado o que tem chamado bastante atenção é a inclusão do novo repositório Modular,
permitindo a seleção entre diferentes versões de software, como o NodeJS ou o Django, para que você
possa escolher a pilha de que precisa para o seu software, além da promessa de uma vida útil maior da
bateria nos notebooks. Não havendo mais ajustes manuais, pois o Fedora 28 implementou vários ajustes
automáticos, melhorando consideravelmente a duração da bateria. Conforme foi explicado em uma palestra
no FOSDEM 2018, os ganhos chegam a 30 %, tendo os seguintes ajustes de gerenciamento de energia:

A ativação da suspensão automática para codecs Intel HDA o que economiza cerca de 0,4 W
Habilitando o SATA ALPM por padrão economiza chega até 1,5 W
Habilitar a Atualização Automática do Painel i915 por padrão economiza cerca de 0,5 W
Com esses ajustes, alguns modelos de notebooks terão até 30% de melhorias na duração da bateria.

Resultados que já podiam ser conseguidos automaticamente pelos usuários mais avançados, porém
a ideia é fornecer uma experiência fora da caixa para todos os usuários do Fedora.

Também ocorreu uma diminuição na redundância durante a Configuração Inicial:
Para tornar o Fedora mais amigável para iniciantes, a versão 28 Workstation terá menos "perguntas"
para responder no momento da instalação. Não haverá mais nenhuma senha root e a própria senha
do usuário será suficiente para as ações da raiz, da mesma forma que no Ubuntu.

Ocorreu algumas mudanças de código para reduzir a redundância entre o instalador do Anaconda e
o gnome-initial-setup.

Recebemos na versão 28 uma adição de drivers convidados ao pacote do kernel do Fedora, empacotando
as ferramentas userspace (Adições ao VirtualBox Guest) e adicionando o pacote VirtualBox Guest Additions
à lista de pacotes padrão para o produto Workstation.


Além do Fedora Workstation, temos o Fedora spin que são as versões do sistema com outras interfaces
gráficas, como Kde, Cinnamon, XFCE, Mate, entre outras, e o Fedora Labs que são versões voltadas
para profissionais de segurança, designers entre outras. Ambos os links de acesso as páginas seguem
logo abaixo.




Fontes:






Newest
Previous
Next Post »